sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Onde estão as primeiras damas? (Haiti 1)

As imagens, publicadas na Revista Veja desta semana, sobre a tragédia no Haiti, dilaceram o coração. Já temos tantas tristezas para colecionar que não precisávamos de mais uma. O mundo perde esperanças, parentes e pessoas que faziam diferença para muita gente, como Zilda Arns, por exemplo. Primeiras-damas do mundo inteiro tinham que ter como exemplo mulheres como esta campeã da humanidade na luta de salvar crianças. Não sei porque mas Zilda lembra a falecida Ruth Cardoso, esposa do ex-Presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso. Muitas vezes questionávamos a ausência dela ao lado de FHC pois nem sempre acompanhava o marido nos eventos sociais. Estava ocupada com tarefas humanitárias. Ela sempre ajudava os menos favorecidos. Creches, lares de idosos, hospitais...uma verdadeira peregrinação humanitária.

Já não se fazem mais primeiras-damas nem mulheres como antigamente. E olha que temos muitas esposas na política...para quê? Para desfilar com o último Armani nos pés?!




Um comentário:

José Bonifácio disse...

Realmente o este "posto" (Primeira Dama)está muito mal representado no Brasil atualmente. PRECISAMOS SIM de outras "Donas Ruths" e "Donas Zildas", que eram mulheres que queriam realmente ajudar aos que mais precisam. NÃO PRECISAMOS de certas mulheres que se aproveitam da alta popularidade de seus "maridos", ou de seus "partidários" para se "lambuzarem no mel" e se "entranharem no poder"! E TAMBÉM NÃO PRECISAMOS DE NENHUMA "DAMA DE FERRO" NO BRASIL!