quarta-feira, 22 de julho de 2009

Dar asas ao papel

A minha amiga Ludmila cria personagens. Não, ela não é louca. É artista. E psicóloga também. Não sei se existe essa palavra, mas digo que ela é origamista - aquela que faz origamis. Para quem não sabe, o origami é a arte das dobraduras em papel. A cada dobra, ou várias dobras, um novo personagem nasce.

Pode-se construir uma cidade inteira com origamis. Colorido, estampado, do jeito que quiser.

Pode-se fazer todos os animais e vegetais. Acredite é possível!

Engana-se quem acha que esta arte é apenas enfeite.

Os pássaros, conhecido por tsurus, podem se transformar em chaveiros. As flores em prendedores de cabelo. As estrelas em lustres.

Ou simplesmente pode se juntar tudo e montar um bela vitrine - seja qual ela for. Padaria? Combina!!! Loja de sapatos? Também combina.

Criar é mesmo como comer pipoca. Quando começa não dá vontade de parar. O papel ganha vida. Ganha asas, cabeça, pernas e, quem sabe, até um coração.

O talento se transformou em profissão.

Sucesso, Lud!


Visite o blog: http://lutsuru.blogspot.com/







Um comentário:

Ludmila disse...

Carol!

O milésimo tsuru bateu asas, e com ele toda inspiraçao e sonhos tomaram formas!...
Sera isso o inicio da concretizaçao do desejo?!...

Estamos juntas!
Grata pelo carinho, apoio e amizade!

LuTsuru